Fale Conosco+55 (49) 99804-4550
Postado em 11 de Maio às 11h30

PAPO DE PROFISSA: Seu parâmetro é a balança?

  • Vidas Corridas -

Em pleno 2021 você ainda utiliza a balança como parâmetro para saber se engordou?

Por que eu estou falando isso? Porque precisamos entender a definição de engordar e emagrecer.
Engordar= aumentar quantidade de gordura
Emagrecer= diminuir quantidade de gordura

Ou seja, engordar não quer dizer pesar mais, significa aumentar a quantidade de gordura e emagrecer não quer dizer que você perdeu peso.

Por exemplo: se uma pessoa aumentou 2kg sua massa magra ela vai subir na balança e pode apresentar 2kg a mais, no entanto ela EMAGRECEU.

A mulherada normalmente tem um número cabalístico na cabeça, de quantos quilos ela quer pesar, mas isso é um grande problema.

Por que Bombom? Porque esse número mexe demais com a cabeça das pessoas. Elas se espelham no peso de outras pessoas para que possam se comparar com quantos quilos ela tem.

Mas isso é extremamente falho, porque o peso não espelha quanto a pessoa tem de gordura, músculo, massa óssea, vísceras e água no meu corpo.

Por isso não é incomum as pessoas após começarem uma dieta se pesarem e não constatarem mudança possuírem aquele pensamento fatalista: “tá vendo? Dieta não é pra mim, eu não emagreço”.

Tenha a ciência da importância de entender que a balança não quer dizer absolutamente NADA.

Se eu te mostrasse duas fotos minha de anos diferentes, não te falasse os quilos e perguntasse qual das duas eu estaria mais magro, certamente você apontaria para uma das fotos e a verdade é que meu peso não varia muito, o que muda é a composição do meu corpo. O peso na balança continua exatamente o MESMO!

Então pare de se pesar!

Mas Bombom, como posso saber se eu emagreci?
1. Roupa não cresce
2. Fotos comparativas
3. Espelho (gosto ou não do que estou vendo)
4. Ninguém te elogia a toa

Lembre-se: na rua as pessoas não saem perguntando seu peso, elas olham e conseguem perceber se você é pequeno ou grande, se é gordo ou magro, musculoso ou menos musculoso.

Largue essa balança de uma vez por todas e utilize essas formas de comparação, sua relação com seu corpo irá agradecer.
 

  • Vidas Corridas -

Ricardo Bombom

  • Especialista em Fisiologia e Biomecânica do exercício físico - Faculdade Inspirar
  • Especialista em Fisiologia e Biomecânica avançada do exercício físico - Univali
  • Especialista Biomecânica aplicada a capacitação profissional e atuação na área de treinamento e reabilitação - Univali
  • CREF:14898-G/SC

Comentários!

Comentários

Seja o primeiro a comentar! : )

Veja também

PAPO DE PROFISSA: Lesões do joelho, causas e tratamentos!21/09/20Dor no Joelho? Já tivestes alguma dor no joelho durante a corrida? Nunca? Bom, estatisticamente falando, em algum momento vais ter. As lesões em corredores acometem de 20 a 79% dos atletas, sendo a maioria delas no joelho. Mas calma, muita calma. A maioria das dores no joelho do corredor são diagnosticáveis e tratáveis. E como eu avalio isso? Primeiramente é importante determinar......
PAPO DE PROFISSA: Como prevenir quadros de hipertermia correndo em dias quentes!19/10/20CUIDADOS COM EXERCÍCIOS EM TEMPERATURAS ELEVADAS Estamos começando a temporada de temperaturas mais elevadas e, portanto, necessitamos ter mais cuidados com os riscos associados da prática de exercícios nessas condições. Para que você entenda o comportamento do......

Voltar para Blog

  • Vidas Corridas -