Fale Conosco+55 (49) 99804-4550
Postado em 29 de Junho às 14h47

PAPO DE PROFISSA: O que é Pliometria

Saúde (21)
  • Vidas Corridas -

Para que serve o exercício de Pliometria?

Pliometria é uma forma de exercício que busca a máxima utilização dos músculos em movimentos rápidos e de explosão. Seu conceito baseia-se na exploração do músculo em sequências de contrações excêntricas e concêntricas buscando a otimização do mesmo.

As ações dos músculos em práticas de esforços rápidos se assemelham ao comportamento de uma mola, contraindo-se e liberando sua força acumulada. Os exercícios pliométricos buscam a consciência do praticante da melhor forma de utilização desta impulsão de força, permitindo aprimorar as técnicas de salto, muito utilizado na corrida.

Os exercícios pliométricos são conhecidos por aumentar o desempenho esportivo e ultimamente tem recebido atenção da mídia e das academias de ginástica. Em geral, o termo “pliometria” se refere ao tipo de treinamento com saltos ou lançamentos que são designados para aumentar a potência muscular do indivíduo.

Embora seja uma forma prática e até mesmo divertida de se aumentar a forma física, muitas pessoas não têm a consciência de como os exercícios pliométricos podem ser perigosos. Lesões podem ocorrer se medidas de segurança não forem tomadas, além da técnica apropriada e a progressão do treinamento. Caso contrario será fácil atingir o estágio de “overtraining” durante o treinamento pliométrico.

Subir e descer rapidamente uma escada com velocidade adequada e com intensidade, já se trata de um exercício pliométrico, pois trabalha a contração e o alongamento do músculo de forma sequenciada, buscando a força máxima em um menor período de tempo. Também não é necessário o uso de pesos para a execução desta atividade, podendo-se usufruir do peso do próprio corpo como sobrecarga.

A inclusão de exercícios pliométricos dentro de um programa de treinamento físico tem como objetivo o aumento do desempenho atlético, portanto necessita de cuidado e planejamento. Três aspectos precisam ser observados:

01) a escolha dos exercícios pliométricos a serem utilizados deve refletir as demandas específicas da modalidade esportiva. por exemplo, um lutador de boxe precisa de força–rápida do troco e braço, portanto se beneficiara de exercícios como flexões de braço em queda.
02) a pliometria deve estar integrada com o programa geral de treinamento do atleta.
03) o domínio técnico dos exercícios é fundamental.

Em geral, na maior parte da literatura disponível, um programa de pliometria deve durar entre 8 a 10 semanas, com 02 seções semanais de treino. A integração entre o treino pliométrico e o treinamento de força é o mais importante. Não adianta utilizar os exercícios pliométricos como treinamento inicial para se "entrar em forma”, por exemplo. É necessário um nível básico de força antes para que a pliometria tenha o efeito desejável.

Portanto, a pliometria é utilizada a fim de melhorar a força e o condicionamento e facilitar a especificidade do desempenho esportivo (Davies, Riemann, Manske, 2015). Atualmente, as investigações sobre o efeito do treinamento pliométrico (TP) enfatizaram a prevenção de lesões, como a do ligamento cruzado anterior (Myer et al., 2006). Acredita-se que o motivo para o treinamento pliométrico melhorar também o desempenho funcional, está relacionado com o efeito combinado da força e aumento de velocidade, que gera uma maior produção de energia.

Fica a dica... e procure sempre um PROFISSIONAL ESPECIALIZADO para orientar seus treinos.

Bons treinos !!!

  • Vidas Corridas -

Simone Perdigão

  • Profª Ed. Física, Formada Faculdade Dom Bosco Brasília;
  • Pós Graduada Fisiologia, Exercício, Treinamento personalizado com corredores e amadores;
  • Profª Ciclismo Indoor;
  • Corredora amadora;
  • CREF 017728-G/SC

Comentários!

Comentários

Seja o primeiro a comentar! : )

Veja também

PAPO DE PROFISSA: Cuidados com os exercícios durante a quarentena!01/04Em tempo de Coronavírus Não há dúvidas de que o exercício traz benefícios ao funcionamento do sistema imunológico, independente da idade, se praticado numa intensidade moderada e regularmente. Cabe lembrar também que nossa imunidade é influenciada por diversos fatores, como: alimentação, sono, estresse, obesidade e outras comorbidades. A questão que......
PAPO DE PROFISSA: Entenda porque o Sedentarismo é tão prejudicial à saúde!13/07Saiba quais os benefícios gerados pela prática regular de atividades físicas Você sabia que o sedentarismo é considerado o mal do século? Isso mesmo. Segundo o último levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgado em 2018, mais de 25% da população mundial......
PAPO DE PROFISSA: O que fazer quando sentir frustração e ansiedade?22/06Saúde mental em períodos de estresse Olá, corredor e corredora! O que podemos fazer para manter a saúde mental durante períodos de alto estresse? Eu sei que dicas para manter uma rotina diária saudável não faltam: cuidar do sono, se alimentar bem,......

Voltar para Blog

  • Vidas Corridas -