Fale Conosco+55 (49) 99804-4550
Postado em 16 de Março às 11h00

PAPO DE PROFISSA: Desempenho na corrida durante o ciclo menstrual

  • Vidas Corridas -

Nós somos dependentes dos nossos hormônios, são eles que regulam nossa motivação, sono, desempenho, etc. Tanto é verdade que as drogas potencializadoras de performance são exatamente isso, hormônios. Conforme envelhecemos, nossos hormônios vão sendo afetados, por isso que muitas pessoas acima de 50 anos passam por regulação hormonal.

O ciclo menstrual cria uma montanha russa de hormônios. Em uma semana a mulher tem seu corpo inundado com substâncias causadoras de bem estar e, na semana seguinte, vê esses hormônios desaparecerem. Com essa variação, é improvável que o desempenho seja constante, e por isso os treinos precisam ser planejados.

Toda mulher é única, e tem sua própria percepção dos impactos causados pelo período menstrual. Eu trabalho com muitas mulheres, atualmente mais de 75% do total de atletas que treinam comigo, e percebo que 4 fases precisam ser respeitadas:

  • 1 ao 4º dia: início da menstruação. Período extremamente desconfortável para treinar. Geralmente deixo como dias para descanso ou treinos leves e opcionais, como corrida leve, bike ou yoga. Algumas mulheres precisam de menos de 4 dias;
  • 5 ao 11º dia: melhor fase para treinos. O corpo recebe uma nova carga hormonal, e o rendimento será o melhor possível. Treinos podem ser mais longos e intensos, pois a mulher também sente-se bem psicologicamente;
  • 12 ao 24º dia: fase “normal”. Esse é o momento de estabilizar os treinos, volumes e intensidades;
  • 24 ao 28º dia: pré menstrual, fase bem complexa. Variação de humor e disposição, algumas mulheres sentem-se inchadas e cansadas. O ideal é manter os treinos, mas de maneira leve, uma vez que a atividade física vai forçar uma liberação de hormônios de bem estar, que pode aliviar dores e melhorar a qualidade de vida. Se sentir que precisa descansar, descanse.

A maioria das mulheres se cobra muito. O fato é que, às vezes, por mais que você se force a ter um bom desempenho, seu corpo não vai permitir isso. A melhor coisa a se fazer é planejar os treinos para que você descanse quando o corpo precisar e tenha um bom rendimento quando estiver no momento certo para isso.

  • Vidas Corridas -

Alex Tomé

  • Educador Físico formado pela Universidade Federal de Santa Catarina;
  • Pós graduado em Fitness na Australian College of Sports & Fitness, em Sydney - Austrália;
  • Pós graduando em Fisiologia e treinamento de endurance;
  • Treinador de corrida;
  • Autor do livro "Correndo com(o) os quenianos".

Comentários!

Comentários

Seja o primeiro a comentar! : )

Veja também

PAPO DE PROFISSA: A anemia pode impactar na performance esportiva?25/05 O ferro faz várias funções no nosso corpo: o transporte e a entrega de oxigênio pelas hemácias, a produção de energia para as mitocôndrias (nossa usina de energia), além de ser imprescindível para a tiroide, função cognitiva e a resposta imune! Os valores de hemoglobina podem estar baixos por outras razões além da......
PAPO DE PROFISSA: Como controlar os pensamentos durante a corrida?01/06 Fala ai corredores! Você já se percebeu alguma vez durante a corrida com os pensamentos completamente aleatórios, descompassados e em desarmonia com a sua movimentação corporal? Veja bem, no momento da corrida, sua mente......
PAPO DE PROFISSA: Como correr em baixas temperaturas15/06 Estamos chegando aos meses mais gelados do ano e esta não pode ser uma desculpa para não se exercitar. Entretanto, devemos tomar alguns cuidados quando a atividade é praticada em climas muito frios, principalmente quando realizada ao......

Voltar para Blog

  • Vidas Corridas -