Fale Conosco+55 (49) 99804-4550
Postado em 29 de Dezembro de 2020 às 11h00

PAPO DE PROFISSA: Como se planejar para um ano de incertezas?

  • Vidas Corridas -

Olá, Corredores!

Um ano um tanto quanto atípico se encerra. No entanto, a pandemia de Covid-19 não se despedirá no dia 31 de dezembro. Teremos provas em 2021, a questão é quando e se aquelas nas quais nos inscrevermos ocorrerão.
Diante da incerteza, manter o foco na estratégia me parece ser a postural ideal para 2021. Como assim? Estou falando sobre planejar quais estratégias logísticas e mentais utilizar, sobre planejar com flexibilidade (esperando que ela não seja necessária). Em outras palavras, é sobre estarmos prontos para adaptarmos em resposta às circunstâncias, enquanto ao mesmo tempo mantemos nosso programa para chegarmos no pico no dia da prova alvo ?. Por exemplo, pensar em 2021 como um passo para 2022 pode ser uma estratégia para mantermos o foco mesmo que as provas alvos de 2021 sejam canceladas.
Pensemos em dois tipos de planejamentos: organizacional e mental. Refletir sobre as seguintes perguntas poderá nos ajudar a estabelecer ambos:

  • Quem quero ser como corredor(a)?
  • Que tipo de corredor(a) quero ser quando a pandemia de COVID-19 passar?
  • Que provas gostaria de fazer em 2022 ou 2023?

Responda estas perguntas e com base nisso, pense em quais provas fazer em 2021 e que atitude diária será necessária para ser o corredor(a) que você quer ser. Pontos para ter em mente na criação do seu plano organizacional (provas e blocos de treino):

  • Escolha sua(s) prova(s) alvo(s) e acredite que irão acontecer. Treine para estar no seu melhor no dia da prova. Acredite que vai acontecer até que não aconteça. Se for cancelada, lide com as emoções resultantes quando elas chegarem e não antecipadamente;
  • Caso a prova seja cancelada, faça o percurso mesmo assim (dependendo da localização e distância), ou faça um teste e reestruture seu planejamento para a nova data;
  • Considere participar de provas testes virtuais;
  • Desafie-se fazendo testes em distâncias que você normalmente não faz;
  • Trabalhe nos seus pontos fracos.

Quanto a estruturação do seu planejamento mental, leve em consideração que sentir-se desmotivado frente a incerteza da atual situação é entendível. Reconheça que o que você está sentindo num determinado momento tem sua razão. Você tem motivos para se sentir assim. Não julgue como você se sente. Mas isso não significa que você não vai treinar. 

A questão não é se sentir bem, mas fazer bem. Independente do objetivo que estabelecermos, nosso comprometimento com a estratégia é muito importante. Cada treino que fizermos irá nos servir um dia, quer a prova para a qual estivermos treinando aconteça ou não.

Lembre-se de que treinamos hoje para treinar amanhã. A constância é essencial para melhorarmos nossa corrida. Sendo assim, a aplicação de um plano mental aumentará nossas chances de sucesso. Neste caso, o foco é colocado no aqui e agora, no dia-a-dia. Quando você olhar o que está prescrito na planilha para o treino do dia, responda as seguintes perguntas:

  • O que darei para o treino de hoje?
  • O que o treino de hoje pode me dar?
  • Qual será minha atitude no treino de hoje?

Dica: Pense em como você se sentiu nas suas melhores provas ou treinos. Crie e pratique palavras ou frases curtas para usar nos treinos e na prova. Por exemplo, eu utilizo “calma e relax” no primeiro 1/3; gratidão no 2/3 (expressar gratidão estimula a liberação de dopamina) e “sou forte” na parte final. Escolha mantras que tem significado para você. Pratique para que se tornem sua segunda natureza.

Bom planejamento e um 2021 com muita saúde e muitos kms.

Happy running!

  • Vidas Corridas -

Silvana Meira

  • Treinadora de corrida, CREF: 026100-G/SC.
  • Graduada em Educação Física pela UFPR e em Psicologia pela University of California, Berkeley.
  • Certificada Life Coaching, Personal Training e Treinamento Funcional para corredores.
  • Atleta de atletismo (Heptatlo) e há 15 anos participa de corridas de rua e trilha em diversos países.

Comentários!

Talita Simples, claro, objetivo, honesto e legal!
há 9 meses

Veja também

PAPO DE PROFISSA: O treino causa dor muscular. Bom ou Ruim?27/07 Pode ser bom, quando há recuperação do dano muscular com a melhora da performance, ganho de força, resistência e potência. Pode ser RUIM, quando o dano muscular intenso causa dores, inflamações, diminui funções musculares, prejudica os treinos diários pelo desconforto muscular, além de aumentar a chance de lesões......
PAPO DE PROFISSA: Como você faria uma prova sem linha de chegada?06/04 Olá Corredores! Se a Pandemia fosse uma prova ela seria o equivalente a uma Backyard Ultra. Uma Backyard Ultra é uma ultramaratona na qual os participantes precisam completar 6706 metros (4.167 milhas) uma vez a cada hora,......
DICAS E VANTAGENS: Quando o assunto é dormir!29/10/19        No primeiro post “Dormir é fundamental” ficou evidente que descanso e um sono adequado são essenciais para um melhor desempenho atlético. Historicamente, estudos sobre a privação de......

Voltar para Blog

  • Vidas Corridas -